Auxílio doença: o que é e como solicitar
Modern consultation with medical specialist and family doctor. Friendly adult doctor in white coat and glasses typing in laptop and talking to woman patient at table with sanitizer in office interior

Auxílio doença: o que é e como solicitar

O auxílio doença é um dos benefícios pagos ao trabalhador através da Previdência Social. 

Normalmente, ele é pago em decorrência de acidentes de trabalho ou doenças adquiridas no exercício da função. Mas, há outras regras para ter direito ao benefício. 

Para entender quem tem direito, como funciona e como solicitar o benefício, continue a leitura. Neste texto iremos esclarecer as principais dúvidas sobre o auxílio doença e o que você deve fazer para solicitá-lo. 

Entenda o auxílio doença

O auxílio doença é um benefício pago pelo INSS a segurados que por algum motivo estão incapacitados de trabalhar. 

Como a incapacidade pode ser gerada por diversos motivos, por isso o segurado é avaliado em uma perícia médica obrigatória. É importante ressaltar que o motivo pode não estar ligado ao trabalho em si. 

O benefício é pago por um período determinado, normalmente durante o tratamento médico até que o segurado esteja apto para retornar ao trabalho. 

Pode acontecer da perícia constatar que a incapacidade é total ou permanente. Para estes casos, ao invés do auxílio doença, o trabalhador pode ter direito a aposentadoria por invalidez. 

É por esse motivo que a perícia médica é indispensável para obter o benefício. 

Tipos de auxílio doença

Há duas modalidades em que o segurado pode se enquadrar para receber o auxílio. Elas são chamadas de acidentário e previdenciário, cada uma com suas características.

No geral, as duas diferem, principalmente, pelo período de afastamento, por isso é importante conhecer as categorias. 

Auxílio doença previdenciário

Esse é o tipo mais comum de benefício e é concedido quando a doença não tem relação direta com o trabalho. 

Basicamente, a doença é adquirida por motivos sem ligação à função exercida pelo segurado. 

Nessa modalidade o auxílio doença é pago a qualquer trabalhador, inclusive autônomos e domésticos, desde que tenham as contribuições mínimas. 

Ao longo do período de concessão, o trabalhador não precisa ter o FGTS depositado e também não há garantia de estabilidade.

Auxílio doença acidentário

Ao contrário do previdenciário, neste o trabalhador adquire a doença no exercício da função. Aqui entram doenças ocupacionais e acidentes de trabalho que tornam o segurado elegível para receber o auxílio. 

Como o auxílio doença funciona como uma espécie de indenização, ele é concedido sem prejuízos ao trabalhador. Significa que ele não terá corte em outros benefícios pagos pela Previdência. 

Além disso, a modalidade tem outras características:

  • mantém o vínculo empregatício com a empresa;
  • garante estabilidade no período de 12 meses contados a partir do retorno ao trabalho; 
  • o depósito do FGTS no período em que receberá o benefício é obrigatório. 

Quem pode receber o benefício?

O auxílio doença é um direito de todo trabalhador que contribui mensalmente com a Previdência Social. Sendo assim, os descontos ao INSS o qualificam como segurado. 

Porém, é importante ressaltar que o benefício só é pago para doenças adquiridas enquanto durar o vínculo empregatício. 

Caso a patologia exista antes do processo de admissão e o indivíduo passe a contribuir, não dá direito a receber o auxílio. 

Qual o valor do auxílio doença?

Pela lei, o trabalhador com direito ao auxílio doença irá receber um valor mensal correspondente a 91% do salário. Vale para ambas as modalidades, ou seja, previdenciário e acidentário entram na mesma regra. 

O benefício é pago pelo período em que o trabalhador passar por tratamento médico para que possa voltar às atividades. Por isso, o período de pagamento é variável.  

Como faço para solicitar o benefício?

Tal como muitos benefícios concedidos pela Previdência Social, o auxílio doença tem uma série de regras. Dessa forma, os trâmites podem ser complexos para o trabalhador cuidar de tudo sozinho. 

O ideal é contar com o suporte de um advogado especializado no direito previdenciário para solicitar o benefício. A ajuda profissional permite que o auxílio doença seja pago rapidamente e sem erros na solicitação. 

Por isso, se precisar receber o benefício, a equipe de advogados da Mauer pode te ajudar. Entre em contato conosco clicando aqui

Deixe uma resposta